Festa Junina 2016

O mês de junho é quando podemos curtir uma festa tradicional, bem típica do nosso Brasil brasileiro: a festa junina. É quando aproveitamos as temperaturas amenas, ou até mesmo aquele friozinho gostoso, para juntar os amigos, tomar uma bebida quente, brincar, dançar e cantar com os amigos.

Dia 24 foi dia de São João e realizamos na Associação uma festa bem animada, com direito a roupas a caráter e às gostosuras próprias desta época. Não deixem de conferir nossas fotos. Aproveitem para curtir e compartilhar também! Ler mais

O desenvolvimento global e seus marcos

Uma das principais fontes de preocupação para pais de crianças pequenas é, sem dúvida, a maneira como seus filhos estão se desenvolvendo de um modo geral, desde o momento em que ela nasce. Quando ela vai conseguir rolar? Quando vai conseguir sustentar a cabeça? Já não está na hora de ela começar a falar, bater palmas, sentar, andar, aprender as cores…(coloque aqui qualquer uma das centenas de preocupações paternas e maternas)? É bem provável que sejam essas as perguntas mais comuns em consultas de rotina, nos consultórios pediátricos de todo o mundo. E com toda a razão, naturalmente.

Assim como cada pessoa é única, também é seu processo de desenvolvimento global. Seria difícil traçar com precisão como ocorre, exatamente, um desenvolvimento normal. Existem, entretanto, alguns parâmetros gerais que podem ser observados como sinal de alerta para que um acompanhamento especializado seja procurado, caso necessário. Esses parâmetros de avaliação do desenvolvimento são divididos em quatros categorias principais, cada uma com suas várias vertentes. São elas:

  1. A postura e a motricidade global
  2. A visão e a motricidade fina
  3. A audição e a linguagem
  4. O comportamento e a adaptação social

A conduta que se busca ao avaliar o desenvolvimento global de uma criança é a de se avalia-la de forma integral, em vez de se observar apenas habilidades e competências isoladamente. Por exemplo, quanto ao comportamento, procura-se observar tanto o quanto a criança é autônoma em suas atividades rotineiras como o quão bem ela consegue se relacionar com as pessoas de seu convívio. Leva-se em conta também, a estreita relação entre algumas habilidades e as faculdades das quais elas dependem, como por exemplo o caso de o desenvolvimento da motricidade fina ser comprometido por uma baixa visão, ou os prejuízos que uma eventual deficiência auditiva pode trazer para a aquisição da linguagem.

Os desvios no desenvolvimento global de uma pessoa podem ocorrer a qualquer momento e de forma não sequencial. Pode-se, por exemplo, perceber crianças que se desenvolviam normalmente até seu primeiro ano de vida “regredirem” e apresentar sintomas de autismo. Lesões cerebrais também podem ser causas de problemas no desenvolvimento do indivíduo, bem como as deficiências, síndromes e condições congênitas.

[simple_heading h=”h3″ align=”left”]O desenvolvimento em faixas etárias[/simple_heading]

Embora estes não sejam marcos obrigatórios, seguem alguns critérios para se avaliar o desenvolvimento dos bebês, em sua média. Ler mais