Prevenindo a deficiência intelectual

gravidas

Você sabia que com informação, prevenção e ação, cerca de 30 a 40 porcento dos casos de deficiência intelectual poderiam ser evitados?

Se você planeja ter filhos, algumas condutas são fundamentais para garantir um bom desenvolvimento intelectual e físico a ele. São medidas de prevenção que podem ser tomadas desde antes da concepção da criança, durante a gestação e até o pós-parto.
[heading h=”h3″ align=”left” font=”” font_size=”” subtitle=”” border=”false” css=””]Antes da encomenda[/heading]
Se você ainda está na fase do planejamento, não comece a tentar engravidar antes de tomar algumas medidas preventivas. Faça uma visita ao seu médico e informe-o sobre seus planos de engravidar. Para começar, ele deverá fazer um pedido de uma série de exames, incluindo HIV, sífilis, hepatite e toxoplasmose. Além disso, ele certamente recomendará uma suplementação de ácido fólico, que pode prevenir problemas como má formação do tubo neural ou até mesmo a anencefalia. Finalmente, ele deve fazer uma revisão de sua carteira de vacinação e pedir a complementação com as vacinas faltantes, caso sejam necessárias. Dentre as vacinas, é importante prestar atenção especial à imunização contra a Rubéola que, se for contraída durante a gestação, pode trazer várias complicações para a criança.
Além da visita ao médico, alguns outros cuidados são valiosos. Um deles é evitar o casamento entre parentes próximos, que aumentam os riscos de problemas genéticos. Nessa fase é muito importante cortar o álcool e, também, tomar alguns cuidados quanto a medicamentos de uso contínuo. Caso haja histórico de deficiência intelectual na família, é possível também que o casal passe por um aconselhamento genético, a fim de ajudar na tomada de decisões e o conhecimento das reais probabilidades de se ter filhos portadores de algum tipo de deficiência.
[heading h=”h3″ align=”left” font=”” font_size=”” subtitle=”” border=”false” css=””]Durante a gestação[/heading]
É fundamental que todo o consumo de álcool seja cortado pela mãe durante a gestação. A síndrome do alcoolismo fetal é a deficiência intelectual prevenível com maior ocorrência atualmente. Ela ocorre em decorrência do consumo de álcool durante a gravidez. Como não existe um limite seguro para o consumo dessa substância durante a gestação, é aconselhado que não se ingira álcool algum durante este período. Obviamente, a mesma regra vale para qualquer outro narcótico.
Durante a gestação, principalmente no primeiro trimestre, evite exposição a radiação (raios X) e também evite contato com pessoas com doenças infecciosas. Se precisar ser medicada, jamais o faça sem a orientação do seu médico. Caso seja necessário passar por algum pronto atendimento, sempre avise a respeito da gestação, para que o médico responsável use medicamentos seguros.
[heading h=”h3″ align=”left” font=”” font_size=”” subtitle=”” border=”false” css=””]Durante e após o parto[/heading]
Dê preferência a ter seu filho, ou filha, em um hospital ou maternidade de confiança; num ambiente limpo e seguro, que adote procedimentos adequados para o parto. Na escolha deste ambiente, o que conta muito é a reputação do lugar. Verifique com conhecidos, amigos e familiares que já utilizaram os serviços desses profissionais e instituições.
Uma vez nascida a criança, é importantíssimo que se faça os testes apropriados aos recém-nascidos. O teste do pezinho, aquele em que o sangue da criança é colhido do seu calcanhar, é fundamental nesta ocasião. Ele é simples, absolutamente não traumático, e pode detectar problemas que, se tratados adequadamente, podem evitar complicações que levem à deficiência intelectual no futuro, entre outros problemas.
Atualmente são oferecidos, em linhas gerais, três variações do teste: o básico, o ampliado e o mais completo, conhecido como super, master ou plus em alguns laboratórios.
A rede básica de saúde contempla a realização do básico sem custo algum. Faz parte das políticas de saúde do país, a realização do teste básico em todos os recém-nascidos em terras brasileiras desde 2001. O teste básico abrange o diagnóstico para fenilcetonúria, que é uma doença genética caracterizada pela ausência ou carência de uma enzima ligada ao metabolismo do aminoácido fenilalanina, presente em diversos tipos de alimentos e o diagnóstico para o hipotireoidismo congênito, que é a baixa produção dos hormônios da glândula tireóide.

Além das duas doenças descritas acima, alguns tipos de teste do pezinho incluem também o exame para outras doenças, que se tratadas e controladas cedo evitarão sérios problemas no futuro. O teste do pezinho ampliado varia muito de cidade para cidade, dependendo da instituição, portanto é necessário pedir informações na maternidade. Entre as doenças incluídas nesse tipo de exame estão a anemia falciforme e outras alterações de hemoglobina (chamadas de hemoglobinopatias), fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita, galactosemia, deficiência de biotinidase, deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase (G6PD) e toxoplasmose congênita. É comum que os planos de saúde tenham cobertura para esta triagem. Caso você seja usuário de algum plano, informe-se com ele a respeito da cobertura.

Já a triagem “plus”, “master” ou “super”, testam o material colhido para até 48 doenças. Nem sempre o pediatra considera necessário pedir este tipo de teste, dependendo muito do histórico familiar e outros fatores que o façam considerar este tipo de triagem. Neste caso, o teste normalmente é particular e os planos cobrem apenas parte de seus custos. Para mais informações a respeito deste tipo de triagem, é possível consultar este material aqui.

12 anos de história

 

 

No dia 19 de julho de 2003, iniciamos nossa história. E nossa história começou com um sonho e um objetivo claro: oferecer serviços de qualidade para pessoas portadoras de deficiência intelectual e assistir suas famílias. Contudo, não desejávamos apenas oferecer um local qualquer, mas sim um lugar digno de ser chamado lar para nossos assistidos.

Daí veio nosso método de trabalho, já tão bem conhecido pelas famílias de nossos assistidos e pelos nossos amigos e parceiros. Após esses doze anos de muito trabalho, chegamos onde estamos, com três casas com capacidade para dez pessoas cada uma. Conseguimos, com a graça de Deus e a sua confiança, progredir nos números enquanto continuávamos prezando pela qualidade. O resultado é este, do qual podemos dar testemunho: conseguimos, dia após dia, oferecer o serviço com o qual sonhamos lá no início, com as dificuldades que vêm, mas sempre com o inestimável apoio de todos vocês.

Neste mês de Julho de 2015, só temos pelo quê agradecer. Muito obrigado, amigos e família; clientes e parceiros. Vocês todos fazem parte da nossa história.

 

002   014   046 051   341   449 20150306_175707   20150508_094623   IMG-20140804-WA0004 SAM_0053     SAMSUNG CAMERA PICTURES  SAM_0114

 

 

Aniversário do Beto

IMG-20150714-WA0024

No dia 14 de julho de 2015, comemoramos os 56 anos de vida do Beto. Fizemos uma pequena festa para ele e prestigiamos, juntos, essa importante data.

O Beto é o titular da matrícula número 1 da Associação São Francisco. Tudo começou com ele, lá julho em 2003. São 12 anos de história juntos e, com toda certeza, ele conquistou seu lugar em nossos corações. Desejamos ao Beto toda a alegria do mundo, muita saúde e que convivamos anos e anos por vir.

IMG-20150714-WA0025   IMG-20150714-WA0026   IMG-20150714-WA0027   IMG-20150714-WA0028

Doações

tb02doacao

No dia 01 de julho de 2015, tivemos um dia muito especial na Associação. Nossos amigos do Solar Social nos visitaram com uma generosa doação de alimentos arrecadados numa ação promovida por eles na Academia Aquavida. Como se não bastasse a agradável surpresa, tivemos uma calorosa visita que do músico Rafinha Acústico, que animou a nossa tarde.

“Fazer o Bem Faz Bem” foi uma ação promovida pela Academia Aquavida no primeiro semestre de 2015, com realização do Solar Social, que teve como objetivo estimular uma vida saudável para seus alunos, ao mesmo tempo que os incentivaram a ajudarem o próximo!

Na primeira edição deste programa participaram 10 alunos. Para cada quilo perdido ou ganho de massa muscular de cada um deles, a Aquavida reverteu uma quantidade aproximada em alimentos para a Associação São Francisco, entidade de Taubaté que trabalha com pessoas com necessidades especiais. Ao todo foram doados 60Kg de alimentos.

tb01doacao

A aluna que teve o melhor desempenho foi a Sílvia de Paula, perdendo 5.2KG durante a ação. Além de ajudar o próximo e melhorar sua saúde, a grande vencedora ganhou uma viagem de final de semana com acompanhante para Paraty/RJ.

RESULTADO

* 1º Lugar – Sílvia de Paula
* 2º Lugar – Adriana Andrade
* 3º Lugar – Pedro Lalli

tb03doacao

APOIO
* Nutrição Esportiva
* Symples Digital

AJUDE VC TBM
* www.solarsocial.com.br/saofrancisco